Menu

 


Poeta osasquense escreve versos sobre o GEO. Estaria nascendo o nosso hino?

 


Recentemente o e-mail da NAÇÃO OSASQUENSE (nacaoosasquense@hotmail.com) recebeu uma mensagem de Leônidas de Souza, cujo apelido é Tiko Lee. O mesmo é um poeta "cristão contemporâneo", como se auto-denominou. Na referida mensagem, intitulada "GEO-de um poeta para o Caçulinha", Tiko escreveu uma interessante poesia.

Aqui apresentamos aos internautas a poesia que, se repararem bem, tem potencial para ser o futuro hino do Grêmio Esportivo Osasco. Caso algum músico aqui acesse, sugerimos que construa um som para a letra, assim como sugerimos também aos torcedores que façam sugestões a respeito dos versos.

Chega de papo e vamos à poesia:

"Eu vou cantar o GEO
A minha alegria é completa
O Caçulinha de Osasco
É o maior Time do Planeta!

A alegria das alegrias
Na bola assim eu sou
Futebol, beleza e força
E o grito de GOL
Faz com que para o GEO eu torça.

Sou igual a ti, GEO.
De ti tentam arrancar as vitórias
O brilho resplandecente da conquista
De mim arrancam versos
E eu os declamo assim:
GEEEÔÔÔ...! GEEEÔÔÔ...!

As alegrias que deveras sentes, GEO
Sinto-as também
Alegria de quem cobiça as vitórias
O seu valor é incalculável
De alegrias inefáveis e
Vitórias incontáveis.

E a Bandeira verde, vermelha e branca, GEO
Que te cobre
A cada dia te deixa mais nobre
O Futebol é feito de mil cores
Mas estas três cores são os meu amores.

Por sustentar as Vitórias
O teu passado, presente e futuro
Sempre será de mil glórias.

Eu vou cantar Grêmio Osasco
No minério deste verso
O Caçulinha do Planeta Bola
É o maior Time do Universo!
"


  Versos de Tiko Lee
© 2008 NAÇÃO OSASQUENSE Livre distribuição desde que a fonte seja citada