Menu

 


GEO vence a primeira no quadrangular

 


A manhã de domingo começou tensa para a diretoria e para os jogadores do Grêmio Osasco por conta do atraso na chegada da ambulância no Estádio José Liberatti. Como determina o regulamento, o árbitro Flávio Rodrigues Guerra não autorizou que a bola rolasse até que a ambulância estivesse a postos, o que ocasionou 37 minutos de atraso no início da partida contra o Guaçuano.

Dentro de campo, porém, em jogo válido pela segunda rodada da fase final do Campeonato Paulista de Futebol – Série B, o onze osasquense venceu por 1 a 0 e assumiu a liderança do Grupo 11, juntamente com o Batatais, ambas as equipes com 4 pontos ganhos e empatadas em todos os critérios.

Tomando a iniciativa de ataque, a primeira chance para o Grêmio Osasco ocorreu logo aos 2 minutos, quando o ala Léo foi à linha de fundo e cruzou na medida para Dedé soltar uma bomba, mas a bola bateu no lado de fora das redes do goleiro Jociel.

O Grêmio Osasco tentava fazer a bola rolar, mas os visitantes praticavam dezenas de faltas, tornando o jogo bastante truncado. Quando conseguiam escapar das faltas, porém, os jogadores osasquenses pecavam nas finalizações, facilitando a vida do goleiro adversário. Como aconteceu aos 20 minutos, quando Dedé foi lançado em profundidade por Luciano, dominou a pelota, passou pelo seu marcador, mas finalizou fraco, para fácil defesa de Jociel.

O gol quase saiu aos 23 minutos, quando Daniel cruzou na medida para Hugo Vieira, mas a zaga conseguiu desviar a bola para escanteio, antes que o atacante conseguisse cabeceá-la. Na cobrança, Wesley a cabeceou nas costas do zagueiro Borges, que evitou o gol osasquense.

Aos 25 minutos, Caio recuperou a bola na cobrança de escanteio e rapidamente lançou-a para Dedé. O atacante iria penetrar livre na área, mas foi puxado por Guarú, advertido com cartão amarelo. Totalmente dominado, o Guaçuano começou a apelar para as faltas violentas. Tanto que em apenas cinco minutos, mais dois zagueiros foram advertidos pelo árbitro com o cartão amarelo.

Finalmente aos 45 minutos, Renato cobrou uma falta na entrada da área e a bola se chocou com o travessão. No rebote Daniel subiu mais que o zagueiro Borges e cabeceou para marcar o gol osasquense.

Na segunda etapa, o Guaçuano voltou mais agressivo, disposto a empatar a partida. Aos 3 minutos teve sua primeira chance no jogo: em cruzamento, Roberto subiu para dividir a bola com Igor, mas o goleiro conseguiu desviá-la para escanteio. Na cobrança, Igor saiu bem do gol e afastou o perigo.

Aos 11 minutos, em cobrança de falta, a bola espirrou em Carlão, mas Igor estava atento e a desviou para escanteio. Na cobrança o goleiro soltou a bola nos pés de Kesley que, de bicicleta, a mandou por cima do gol osasquense.

O Guaçuano tomava as rédeas da partida, mas o Grêmio Osasco se defendia bem, tentando encaixar um contra-ataque, que poderia definir a vitória. Para tanto, o técnico Toninho Moura mandou a campo William no lugar de Daniel. A partir de então, o jogador foi responsável pelas principais jogadas de ataque do Grêmio Osasco. Aos 28 minutos, recebeu passe de Dedé e chutou, para grande defesa de Jociel. Aos 33 minutos, em jogada parecida, William recebeu a bola de Hugo Vieira e bateu forte, da entrada da área, obrigando o goleiro a praticar novamente uma grande defesa. E no minuto seguinte, quase que o jogador faz em belo gol: depois de driblar quatro adversários, chutou por cima das traves.

Final de partida, vitória sofrida e a liderança. No próximo domingo, 19, o Grêmio Osasco volta ao Rochdale para enfrentar o Barretos, em mais um jogo importantíssimo nas pretensões do time de chegar à Série A3.

Ficha Técnica:

Grêmio Osasco: Igor; Léo, Luciano (Rodrigo), Wesley e Caio; Carlão, Willames e Renato. Dedé, Hugo Vieira (Haider) e Daniel (William). Técnico: Toninho Moura.

Guaçuano: Jociel; Robson, Borges, Saulo (Gilson, depois Kesley) e Guarú; Mauro, Guilherme (Willians), Roberto e Everton; Mineiro e Tiago Galo. Técnico: João Batista.

Data e local: Estádio José Liberatti, Osasco, 12/10/08

Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra. Assistentes: Márcio Luís Augusto e Sérvio Antonio Bucioli. Quarto árbitro: Jenkis Barbosa dos Santos.

Gol: Daniel (45', 1T)

Cartões Amarelos: Wesley (GEO); Guarú, Borges e Mauro (Guaçuano)

  Luís Pires (Diretor de Comunicação - GE Osasco)
© 2008 NAÇÃO OSASQUENSE Livre distribuição desde que a fonte seja citada