Menu

 


Com empate heróico, GEO se classifica antecipadamente

 


No sábado de 05/07 o Grêmio Esportivo Osasco (GEO) foi até Embu das Artes para enfrentar a equipe do Pão de Açúcar, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Paulista de Futebol - Série B (Quarta Divisão). E saiu de lá com um emocionante empate em 2 a 2, o que lhe garantiu matematicamente a passagem para a próxima fase.

As duas equipes realizaram uma partida digna de dois líderes. O Grêmio Osasco entregou seu cartão de visita logo no primeiro minuto de jogo, quando Hugo Vieira tocou para Dedé, que bateu da entrada da área por cima do gol. O Pão de Açúcar respondeu dois minutos depois, quando o zagueiro Danilo Barros completou de cabeça por cima do gol uma cobrança de falta no lado direito do ataque. Nessa altura da partida, o Pão de Açúcar tocava a bola com técnica refinada, e a pelota passava de pé em pé, quase sem erros de passes. Mas encontrava resistência na eficiente marcação da defesa osasquense, que disputava toda jogada com muita raça.

Aos 30 minutos, porém, o atacante Sérgio conseguiu se livrar de seu marcador, foi à linha de fundo e encontrou Rafael livre para bater forte no meio do gol, sem chances de defesa para Leandro. Pão de Açúcar 1 a 0 no placar. O gol desconcentrou o Grêmio Osasco, que até o final do primeiro tempo viu sua meta ser ameaçada por mais duas vezes: aos 37 minutos, quando Rafael chutou e a bola cruzou toda extensão da área, sem que ninguém conseguisse chegar. E aos 42 minutos, quando o volante Carlão escorregou na jogada, mas conseguiu se recuperar antes que o perigoso atacante Sérgio saísse sozinho na cara do gol.

A conversa no vestiário fez bem ao time osasquense. Se na primeira etapa a equipe não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol, logo aos 2 minutos do segundo tempo o ala Éder lançou Dedé em profundidade, que tocou a bola para o fundo das redes, na saída do goleiro Washington. Mas o assistente levantou sua bandeira e o árbitro invalidou o lance, para protesto da ruidosa torcida osasquense, presente no Estádio Hermínio Espósito, que já comemorava o gol anulado. Aos 5 minutos, num cruzamento vindo do lado esquerdo do ataque, Dedé apareceu livre mas tocou a bola por cima das traves, desperdiçando uma clara chance de gol. Aos 9 minutos o Pão de Açúcar respondeu: Sérgio lançou Rafael dentro da área, mas o goleiro Leandro estava atento e, na dividida, conseguiu tocar para escanteio. Na cobrança, confusão na área, a bola tocou no travessão e sobrou para Sérgio tocar de cabeça para marcar o segundo gol da equipe embuense.

Não demorou muito para o Grêmio Osasco reagir. Aos 15 minutos, em jogada idêntica a do gol anulado, Éder lançou Dedé, que novamente tocou por cima, na saída do goleiro, anotando seu quinto gol no campeonato. O gol osasquense não alterou o ritmo da partida. O Pão de Açúcar continuava tocando a bola de pé em pé, com toques curtos, e sempre levava perigo com sua dupla de ataque. O Grêmio Osasco, por sua vez, também chegava forte ao ataque e tentava surpreender o goleiro Washington com chutes à meia distância, aos 16 minutos com Marquinhos, aos 17 com Ferraz, aos 18 com Éder e aos 22 com João Salge (que entrou no lugar de Wander e deu mais movimentação ao ataque).

Aos 32 minutos um lance dramático: na dividida com Carlão, o atacante Eli sofreu uma lesão no tornozelo, com suspeita de fratura. Uma jogada acidental, apesar da reclamação geral da equipe do Pão de Açúcar, tanto que o volante osasquense nem foi advertido com o cartão amarelo. O jogo ficou 12 minutos parado para que o jogador fosse atendido e levado ao hospital de ambulância. Na cobrança da falta, a bola foi alçada na área e Sérgio tocou para as redes mas o árbitro invalidou o lance por posição de impedimento do atacante.

Os minutos finais foram emocionantes pois o Grêmio Osasco partiu com tudo para o ataque em busca do ponto que significaria sua classificação. O técnico Souza tirou dois defensores (Marquinhos e Wesley), substituindo-os pelos atacantes Danilo e William Lima. A ousadia foi compensada: no último lance da partida, João Salge cobrou uma falta no lado direito do ataque com bola cruzada na área. Na disputa com o zagueiro e o goleiro, Hugo Vieira desviou levemente de cabeça, o suficiente para a bola morrer dentro das redes adversárias. Um gol que garantiu o Grêmio Osasco na próxima fase e fechou com chave de ouro uma das partidas mais emocionantes do campeonato.

No próximo domingo, 13, o Grêmio Osasco enfrenta o já eliminado Osasco FC, desta feita como mandante. A partida será realizada no Estádio José Liberatti, às 10 horas.

Vejam fotos da partida

Ficha Técnica:

Pão de Açúcar: Washington, Paulinho, Max Sandro, Danilo Bastos e Ewerton; Danilo Silva, Baiano (Paulo), Piovesan e Denis. Sérgio e Rafael (Eli, depois Oswaldo). Técnico: Serginho Silva.

Grêmio Osasco: Leandro; Marquinhos (Danilo), Michel, Wesley (William Lima) e Éder; Carlão, Ferraz, Willames e Wander (João Salge); Dedé e Hugo Vieira. Técnico: Souza.

Local: Estádio Pref. José Liberatti (Rochdale), Osasco
Árbitro: Gilmar Pedroso Rocha
Assistentes: Itamar Donizete Antonelli e Francisco Reginaldo Moreira
Gols: Rafael (30’ 1T, 1-0); Sérgio (10’ 2T, 2-0); Dedé (15’ 2T, 1-2); Hugo Vieira (58’ 2T, 2-2)
Cartões Amarelos: Piovesan, Denis, Eli e Baiano (Pão de Açúcar); Michel, Éder, Marquinhos e Carlão (GEO).

 Luís Pires (Diretor de Comunicação - GE Osasco)
© 2008 NAÇÃO OSASQUENSE Livre distribuição desde que a fonte seja citada