Menu

 


GEO perde em casa e fica como vice no primeiro turno

 


Na manhã fria e chuvosa de domingo, 01/06, o Grêmio Esportivo Osasco recebeu o Taboão da Serra no Rochdale e conheceu sua segunda derrota no Paulistão Série B 2008 (Quarta Divisão), em partida válida pela sétima e última rodada do primeiro turno. Com a derrota, a equipe osasquense foi ultrapassada em pontos ganhos pelo Pão de Açúcar e terminou o primeiro turno na segunda posição do Grupo Cinco.

A partida foi tensa; seu primeiro lance duvidoso foi logo aos cinco minutos, quando o atacante Dedé foi derrubado dentro da área, mas o árbitro Leonardo Rofino interpretou que não ocorreu a falta e mandou o jogo seguir. Aos 17 minutos, pela primeira vez, o Grêmio Osasco levou perigo à meta defendida pelo goleiro Cidão: depois de uma rebatida da defesa, o meia Marcinho chutou da entrada da área. Com o goleiro vencido, a bola bateu no atacante Hugo Santos, impedindo que o time osasquense chegasse ao seu primeiro gol. Três minutos mais tarde, num cruzamento para a área do GEO, a bola sobrou para o atacante Nando bater no canto direito do goleiro Leandro: Taboão da Serra 1 a 0.

Aos 26 minutos, quando o time osasquense se recuperava do gol sofrido, o meia Diogo foi empurrado dentro da área, em lance duvidoso, mas assinalado pelo árbitro. Penalidade máxima que o atacante Jéferson bateu com tranquilidade, anotando o segundo tento do Taboão. Os mandantes perderam uma chance clara de gol aos 34 minutos: em boa jogada pela esquerda, o ala Caio tocou para Hugo Santos que serviu Marcinho. Sem marcação, o meia viu o goleiro adiantado e tentou encobri-lo, sem sucesso. Foi sua última participação no jogo, pois em seguida o técnico Souza tentou tornar o time mais ofensivo e o substituiu pelo atacante Hugo Vieira. No último minuto do primeiro tempo, Willames lançou Hugo Santos em profundidade, que saiu na cara do gol com chances de marcar, mas o assistente marcou posição irregular, em mais um lance duvidoso.

As equipes voltaram para a segunda etapa sem alterações, com o time osasquense se lançando com tudo pra cima da equipe do Taboão. Mas no momento em que colocava pressão sofreu um revés. Aos 8 minutos, numa cobrança de escanteio, Diogo subiu para cabecear e marcar o terceiro gol dos visitantes. Mesmo com a ducha de água fria, o GEO continuou trabalhando bem a bola até chegar à intermediária adversária, mas não chutava ao gol e não conseguia furar o bloqueio imposto pela bem postada zaga adversária.

Aos 19 minutos, porém, Hugo Santos foi à linha de fundo e tocou para Hugo Vieira girar em cima do seu marcador e bater certeiro no canto esquerdo do goleiro Cidão, anotando o gol osasquense. Daí até o final da partida, o time do Taboão da Serra soube parar o ataque osasquense, ora na bola, ora com faltas, ora com a catimba do goleiro Cidão, que só foi advertido pelo árbitro com cartão amarelo quando se desentendeu com Hugo Santos, aos 39 minutos.

No último lance da partida, num cruzamento de Willames, Hugo Vieira subiu entre dois zagueiros e cabeceou a bola que, caprichosamente, bateu na trave e voltou para a defesa do goleiro. Depois do final da partida, lamentavelmente, o atacante Jéferson (que havia sido substituído aos 33 minutos da segunda etapa) discutiu com alguns Torcedores e o clima esquentou na saída de campo, sem maiores conseqüências.

Grêmio Osasco: Leandro; Marquinhos (João Salge), Luciano, Wesley e Caio; Flávio (William Lima), Willames, Marcinho (Hugo Vieira) e Ferraz; Dedé e Hugo Santos. Técnico: Souza

Taboão da Serra: Cidão; Antonio, Douglas, Roberto e Fabiano; Alex, Diogo (Roberto) e Jéferson (Deco); Daniel, Araújo (Cris) e Nando. Técnico: Anderson de Nóbrega (interino).

Gols: Nando (20’ 1T, 0-1), Jeferson (26’ 1T, 0-2), Diogo (8’ 2T, 0-3), Hugo Vieira (19’ 2T, 1-3)
Árbitro: Leonardo Rofino.
Assistentes: Luiz Enrique Ramos da Silva e Ricardo Pavanelli Lanutto. Quarto árbitro: Ulisses Antonio Zampieri.
Cartões Amarelos: Douglas, Roberto, Alex e Daniel (Taboão da Serra); Willames e Hugo Santos (GEO)
.

 Luís Pires (Diretor de Comunicação - GE Osasco)
© 2008 NAÇÃO OSASQUENSE Livre distribuição desde que a fonte seja citada